Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

A instrução de processos de autos de infração em meio totalmente digital pela ANTT, foi viabilizada através do Sistema Eletrônico de Informação (SEI). Diante da expansão do sistema, a Agência busca as melhores formas de garantir a continuidade do processo eletrônico. Por isso, são disponibilizadas funcionalidades do SEI-ANTT para o público externo.

O cadastro para usuários externos é destinado a pessoas físicas que participem em processos administrativos junto à ANTT, independente de vinculação a determinada pessoa jurídica, para fins de peticionamento ou assinatura de contratos, ou outros documentos com a Agência.

No site da ANTT são fornecidas orientações para habilitação de usuário externo no SEI-ANTT e para Peticionamento Eletrônico. Lembramos que a partir da habilitação, o usuário terá acesso e autonomia para consultar multas e demais processos nos quais faça parte.

Para ter acesso às instruções e iniciar o cadastramento, clique aqui.

Leia Mais

Publicada no Diário Oficial da União, a Portaria ANTT nº 19 que define os procedimentos para cadastramento da Operação de Transporte e correspondente geração do Código Identificador da Operação de Transporte (CIOT), quando realizados por meio das instituições de Pagamento Eletrônico de Frete (IPEFs).

A determinação esclarece que o CIOT deve ser gerado conforme o tipo de operação envolvida na prestação do serviço de transporte rodoviário remunerado de cargas, podendo ser operação realizada por meio de viagem tipo padrão ou do tipo TAC-agregado.

Conforme §11, do Art. 5º, fica dispensado o cadastramento de Operação de Transporte e correspondente geração do CIOT quando da prestação de serviço de transporte rodoviário internacional de cargas, nos termos da Resolução ANTT nº. 5840, de 22 de janeiro de 2019.

Para conferir a Portaria nº 19 na íntegra, clique aqui. 

Leia Mais

A ABTI buscando otimizar o processo de cadastramento de taras, consultou a possibilidade de dispensa do certificado impresso de aferição das balanças no rol de documentos exigidos, a partir do acesso a informações que constam no Portal de Serviços do INMETRO dos Estados. Ao ingressar no sistema, a Associação localizou a relação das balanças que possuem instrumentos aferidos e válidos. A partir da constatação, a ABTI entrou em contato com a Receita Federal em Uruguaiana, e propôs a melhora no processo. O órgão em resposta, autorizou o procedimento de consulta através do site, por parte da concessionária, dispensando a apresentação do certificado impresso sempre que for possível realizar a consulta eletrônica.

Diante disso, a ABTI presta seu agradecimento à Receita Federal e a concessionária Multilog que reconheceram a proposta da entidade como uma alternativa viável que traz agilidade ao cadastramento de taras.

Informamos ainda, que a Associação também esteve em contato com a Receita Federal em Dionísio Cerqueira/SC, para tratar sobre o mesmo tema. Sobre a apresentação do registro de taras em outros recintos alfandegados para cadastro, a ABTI ressaltou que está prevista, em portaria, a permissão para realização do procedimento citado, tendo como exemplo a fronteira de São Borja. Referente aos prazos para o cadastramento em Dionísio Cerqueira, a Associação, apesar de ciente da normativa sobre a demanda de tempo para a execução do processo, solicitou que a Receita reconsidere o prazo de 10 (dez) dias, que tem sido o maior de todas as fronteiras. A entidade, após pesquisa, constatou que mesmo fronteiras sem concessionárias e que contam com uma quantidade reduzida de auditores fiscais, como no Chuí, o tempo de cadastramento está em torno de 24 horas. E em Santa Helena, por exemplo, a Portaria local estipula um prazo de até 5 (cinco) dias.
Já com referência aos documentos exigidos para o andamento do processo, a entidade, assim como tinha assumido o compromisso com o Chile na Reunião Bilateral realizada no último trimestre de 2019, tratou sobre a inviabilidade da exigência de apresentação do ticket da balança do Brasil por veículos estrangeiros, visto que não existe previsão de primeiro ingresso sem cadastro. Diante disso, a Associação apresentou as determinações do Comunicado SEDAD/URA nº 0006/2019 que autoriza a apresentação do boleto de pesagem do veículo emitido há no máximo 60 dias por órgão oficial de país signatário do ATIT.

Em resposta as propostas da ABTI, a Receita Federal informou que está ciente e com parecer favorável ao exposto, no entanto, precisa da aprovação da Superintendência Regional para dar prosseguimento a mudança, o que deverá acontecer no decorrer do próximo mês.

Quer saber como verificar se a balança está aferida? Siga as instruções abaixo:

Acesse a página https://servicos.rbmlq.gov.br/ , clique na aba Serviços >> Consulta Instrumentos e após, insira os dados solicitados conforme as imagens abaixo:

202001223

Assim será possível conferir a aferição de qualquer balança rodoviária do Brasil.

Leia Mais

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004