Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Em 16 de março de 2020, Uruguaiana emitia o Decreto nº 139 e iniciava, oficialmente, a luta contra o inimigo invisível que ainda assola a humanidade. Com poucas opções, o uso de máscaras, a assídua higienização, álcool gel e o distanciamento social, tornaram-se essenciais no combate ao novo coronavírus.

Há exatamente um ano, a primeira pessoa a ser hospitalizada por conta da Covid-19 na fronteira oeste do estado do RS, era do setor de comércio exterior, um cidadão argentino que escolheu o município de Uruguaiana para firmar residência junto de sua família. E hoje, em uma breve retrospectiva, observa-se que infelizmente muitas batalhas foram perdidas e que a solução definitiva ainda parece estar distante, mas a pandemia também teve efeitos positivos, despertando na sociedade a importância da empatia e da resiliência.

Foi um ano intenso, testou a capacidade de solidariedade, do espírito cívico e da consciência cidadã. Atividades essenciais mantiveram-se ativas, apesar do medo ao desconhecido. Equipes da saúde permanecem na linha de frente, tratando, cuidando, segurando a mão de quem está lutando contra o vírus; motoristas que continuam percorrendo as estradas do Mercosul, apesar das rígidas restrições impostas; entre vários outros profissionais que entenderam que sua atividade, como uma missão, não podia parar pelo bem e sobrevivência de todos.

Afortunadamente muitas atitudes nobres ajudaram e continuam auxiliando para amenizar a situação. Acreditando que a união pode fazer a diferença, e que "juntos seremos mais fortes", foi feita a campanha para aquisição de luvas para serem entregues à Secretaria de Saúde do Município. Graças ao grupo diretor da ABTI que realizou 50% da doação e dos associados e parceiros que completaram o restante, é que orgulhosamente a meta foi superada.

Entrega das luvas na SMS

A estrada a percorrer ainda parece longa, outros insumos ou equipamentos poderão fazer falta, e novamente a ABTI estará em ação e necessitará contar com o apoio de todos. Não deixe de fazer parte dessa onda do bem e participe das próximas campanhas, assim como as transportadoras abaixo fizeram parte desta.


Leia Mais

A Argentina, através do Decreto 168/2021 e da Decisión Administrativa 219/2021, prorroga de 13 de março à 09 de abril de 2021, o aislamiento social, preventivo y obligatorio e o fechamento das fronteiras. Desta forma, continua proibida a entrada de estrangeiros não residentes, em território argentino.

Conforme decisões anteriores, a Dirección Nacional de Migraciones, ainda poderá estabelecer exceções para o ingresso no país, a fim de atender circunstâncias de necessidade. Sendo reponsabilidade deste órgão determinar quais as fronteiras estarão habilitadas para ingresso de argentinos e estrangeiros residentes, assim como de estrangeiros não residentes que sejam familiares diretos de cidadãos argentinos ou residentes.

O transporte de cargas permanece como atividade essencial, portanto, as pessoas envolvidas na atividade estão dispensadas do cumprimento do isolamento social, preventivo e obrigatório.

A medida visa conter e amenizar a propagação da epidemia de Covid-19, adotando medidas proporcionais à ameaça enfrentada, como evitar a circulação comunitária das novas mutações, que ainda não se expandiram pela Argentina.

Confira as determinações na íntegra: Decreto 168/2021 e Decisión Administrativa 219/2021.

Leia Mais

Na última terça-feira, um pedido especial chegou à ABTI. Depois de algumas licitações sem sucesso, luvas para procedimentos, nos tamanhos menores, estavam em falta. A associação abraçou a causa, uma ação especial na semana da mulher, destinada a comprar EPI's para quem permaneceu firme na linha de frente, com garra e coragem, sem perder a esperança.

Imediatamente a Associação dedicou-se à missão, com o objetivo de arrecadar fundos para compra do material. O serviço de saúde utiliza aproximadamente 4.000 luvas por semana, a meta da ABTI era conseguir comprar material para quatro semanas. Felizmente, com a ajuda da diretoria e de seus associados, foi possível realizar a compra de mais de 300 caixas, que suprem a necessidade de pelo menos 2 meses.

A ABTI, orgulhosa de seu quadro social, agradece a cada diretor, associado e parceiro que ajudou nessa campanha. Encerra-se mais um trabalho em conjunto, reafirmando o êxito do slogan da entidade: "Juntos Seremos Mais Fortes".

20210311 objetivo superado

Leia Mais

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004