Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Novo Processo de Exportação: DU-E

No mês de fevereiro o Procomex estará realizando em vários estados, uma capacitação para o Novo Processo de Exportação "DU-E". O curso irá ensinar a forma correta de preencher a Declaração Única de Exportação, que irá substituir o processo atual.

O treinamento prático, que terá uma carga horária de 16 horas, já está previsto em diferentes cidades durante o mês de fevereiro. Mas a realização do curso dependerá do número de inscritos.

Pela relevância do assunto para o setor, esta entidade solicitou ao Procomex que o curso fosse realizado, ainda no mês de março, nas principais fronteiras do Mercosul (Foz do Iguaçu, São Borja e Uruguaiana). É importante salientar que os cursos que forem realizados nestes passos fronteiriços terão um enfoque maior no setor de transporte.

Para que a qualificação ocorra nestes locais, deverá do existir um mínimo de 10 participantes por cidade, portanto solicitamos que aqueles que possuírem interesse na capacitação comunique a ABTI através do e-mail abti@abti.org.br ou pelo telefone +55 (55) 3413-2828.

Os associados da ABTI terão valor diferenciado no ato da inscrição, verifique junto a entidade maiores informações.

Confira se o curso já possui data confirmada na sua região e inscreva-se!

Leia Mais
Taxa migratória sem reajuste

Em Buenos Aires, o Director Nacional de Migraciones, Dr. Horacio Garcia, recebeu representantes do setor de transporte rodoviário de cargas para tratar sobre as taxas migratórias cobradas aos veículos de carga, assim como foi divulgado por esta entidade.

O assunto, conforme explanado em informativos anteriores, é motivo de preocupação constante das entidades do setor. O pedido da classe é pela isenção da taxa, já que Argentina é o único país do Conesul que aplica este tipo de cobrança.

A redução para $ 100,00 estabelecida no ano de 2016, por um prazo de 180 dias já estava próxima de terminar. Durante o encontro, García garantiu que a redução terá um prazo indeterminado, entanto um estudo é realizado sobre a proposta de isenção da mesma. A ABTI continuará trabalhando e não medindo esforços na defesa do transportador rodoviário internacional de cargas.

Leia Mais

Preocupados com o prazo expirando de 180 dias, e, a possibilidade latente de mais um aumento no custo logístico, ABTI vem procurando as entidades coirmãs para não abandonar o trabalho em conjunto que foi iniciado em agosto do ano passado, e que obteve como resultado a redução para $ 100,00 na taxa migratória.

O aumento da taxa de migração para o ingresso e egresso de veículos de carga na Argentina, foi decretado em agosto de 2016, e sextuplicava a taxa, que já tinha sofrido um reajuste em março do mesmo ano.

A ABTI recebeu a confirmação da Federación Argentina de Entidades Empresarias del Autotransporte de Cargas que foi marcada uma reunião com o Director da Dirección Nacional de Migraciones em Buenos Aires, no dia 26 de janeiro, para tratar sobre este importante assunto que tanto preocupa o setor.

A Taxa de Migração para veículos resulta em um custo adicional para os transportadores que operam no Mercosul, quebrando o Acordo de Transporte Internacional Terrestre (ATIT). "A abolição desta taxa é uma das pautas de trabalho da ABTI para 2017", diz o presidente Francisco Cardoso.

Leia Mais

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004