Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

As exportações brasileiras superaram as importações em US$ 4,56 bilhões no mês de fevereiro, informou na última quinta-feira (2) o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O resultado positivo foi o melhor para fevereiro em 29 anos.

Segundo o governo, as exportações somaram US$ 15,47 bilhões em fevereiro e, com isso, tiveram um aumento de 22,4% sobre o mesmo mês de 2016. A média diária de exportações, por sua vez, somou US$ 859 milhões.

Primeiro bimestre

O saldo positivo do primeiro bimestre deste ano representa o maior valor para o período da série histórica, que começa em 1989. Até então, o maior superávit para o primeiro bimestre de um ano havia sido registrado em 2006 (+US$ 5,63 bilhões).

De acordo com o secretário de Comércio Exterior do MDIC, Abrão Neto, o bom resultado da balança comercial em fevereiro está relacionado com o aumento de 21,5% nos preços dos produtos brasileiros vendidos lá fora, pois a quantidade exportada recuou 0,9%.

Estimativas para 2017

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços estimou que o superávit comercial deste ano vai ficar ao redor de US$ 47,7 bilhões - mesmo saldo positivo do ano passado.

Já o Banco Central prevê um superávit da balança comercial de US$ 44 bilhões para este ano, com exportações em US$ 195 bilhões e importações no valor de US$ 151 bilhões.

Leia Mais

Zelando pela integração e facilitação fronteiriça entre Brasil e Argentina, Gladys Vinci, Gerente Executiva da ABTI, esteve reunida na manhã de ontem, 03 de março com Raúl Romero, Chefe de Operações da Aduana em Paso de los Libres na Argentina (AFIP) e Diego Milano Moreira, novo chefe do Serviço de Vigilância Agropecuária em Uruguaiana.

Durante o encontro, foram apontadas algumas estratégias que visam o desenvolvimento do Comércio Exterior de ambos os países. Moreira, que assumiu o a coordenação do MAPA há poucos dias, está comprometido a trabalhar em conjunto, lado a lado com os demais órgãos intervenientes e na constante procura de otimizar os serviços. Para Diego, "o diálogo entre os representantes dos organismos brasileiros e estrangeiros é de fundamental importância".

A entidade defende a integração nas fronteiras do Mercosul, por isso seu foco é a constante busca por melhorias e maior agilidade nos processos fronteiriços.

Leia Mais

O presidente da República Michel Temer anunciou na última quinta-feira (2), a nomeação do líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP) para o comando do Ministério das Relações Exteriores. Ele deverá tomar posse na próxima terça-feira.

No rápido pronunciamento no Palácio do Planalto, foi ressaltada a trajetória política do novo ministro no Legislativo e no Executivo com "engajamento nas causas da diplomacia brasileira e na agenda internacional" do Brasil.

O cargo de ministro das Relações Exteriores estava vago desde 22 de fevereiro, quando o então titular da pasta, José Serra (PSDB-SP), pediu demissão. Em carta entregue pessoalmente a Temer, Serra justificou a saída do governo por "problemas de saúde".

Após o anúncio da sua nomeação para o comando do Itamaraty, Aloysio Nunes usou a sua conta pessoal em uma rede social para dizer que aceitou o convite e que estava "consciente da responsabilidade". Ele afirmou ainda que acredita que a pasta poderá contribuir para que o país saia da crise econômica.

"Eu penso que a política externa, nesse momento em que o Brasil começa a sair de uma crise profunda, pode dar uma grande contribuição, especialmente na área econômica, na área do comércio internacional, na área de investimentos para trazer mais investimentos, prosperidade e mais empregos para o Brasil", disse.

Para ele, um dos desafios será "dar nova vida ao Mercosul e aproximar o Mercosul dos países da Aliança para o Pacífico". Ele defendeu também estreitar laços com a União Europeia. "A União Europeia pode dar uma nova oportunidade com a inserção mais competitiva do Brasil no mundo", declarou.

Ao desejar-lhe êxito em sua missão, o presidente Michel Temer reiterou a confiança que já lhe manifestou pessoalmente em sua ampla capacidade de chefiar o Itamaraty.

Leia Mais

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004