Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

A fronteira oeste do Rio Grande do Sul já conta com o serviço de Tratamento Térmico Fitossanitário em madeira. O novo processo de dedetização é considerado uma solução inovadora, evitando a utilização do brometo de metila, desta forma diminuindo o impacto ambiental no planeta e contribuindo para a saúde pública da sociedade. As empresas que realizam este tipo de trabalho são credenciadas ao Ministério da Agricultura – MAPA e em conformidade com a Legislação IN N° 32/2015.

O processo é realizado em uma estufa conforme imagem abaixo e leva de 30 minutos a duas horas podendo ser realizado em qualquer local, inclusive nos portos secos em que o veículo estiver. É importante salientar que este tipo de dedetização só pode ser feita com cargas resistentes a temperaturas de até 80°C.

Orientamos os transportadores a entrar em contato com a ABTI através do telefone (55) 3413-2828/e-mail abti@abti.org.br ou com as concessionárias dos portos secos rodoviários a fim de saber mais sobre as empresas habilitadas e especializadas neste tipo de tratamento.

Vale reforçar que a importância da IN N° 32/2015 será discutida no 21º SIMERCO que irá acontecer no dia 06 de outubro em Uruguaiana, RS. O Coordenador de Fiscalização e Certificação Fitossanitária Internacional do MAPA, Carlos Goulart, irá ministrar a palestra intitulada "Por que fiscalizar embalagens de madeira?".

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004