Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Popularmente conhecida como rodovia da morte, o trecho norte da BR-381, que liga Belo Horizonte a Governador Valadares, em Minas Gerais, acumula acidentes com vítimas fatais. Apenas em 2021, foram registrados 2.054 acidentes e 162 óbitos no local, reforçando a triste alcunha que a via recebeu.

Dados do Painel CNT de Consultas Dinâmicas dos Acidentes do início de 2022 mostram que ocorreram, em média, 87 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros de rodovia federal em Minas Gerais. O tipo mais frequente foi a colisão. Foram 2.509 registros desse tipo (35,5% do total). O custo anual estimado dos acidentes em rodovias federais em Minas Gerais chegou a R$ 1,6 bilhão em 2021.

As obras na BR-381, sob responsabilidade do governo federal, aparecem como prioridade no Plano de 100 Dias, apresentado, em janeiro, pelo ministro dos Transportes, Renan Filho. Dias antes do anúncio, o ministro havia se reunido com o presidente da CNT, Vander Costa, que reforçou a importância da pauta tanto do ponto de vista do custo humano quanto do custo Brasil, já que a rodovia serve ao escoamento de produtos agrícolas, pecuários e industrializados, além de minério.

A duplicação da BR-381 — pleito histórico dos transportadores — é defendida pela CNT, que a menciona com destaque no documento O Transporte Move o Brasil: Propostas da CNT ao País, entregue aos candidatos à presidência da República em 2022.

Confira a reportagem especial sobre a BR-381 na última edição da Revista CNT, p. 44-46.

Imagem: Divulgação Ilustrativa

R. dos Andradas, 1995 - Santo Antônio
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97502-360
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

1.png 2.png 3.png 4.png 

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004