Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Inicia hoje a pesquisa de Percepção de Integridade Aduaneira junto aos servidores aduaneiros e intervenientes do comércio exterior, para avaliar como esses agentes percebem a atuação da Administração Aduaneira no que se refere à promoção da integridade e ao combate à corrupção entre os seus funcionários. A previsão é que a pesquisa encerre em 26 de março de 2021.

A consulta faz parte do Programa de Integridade da Receita Federal, que está alinhado ao Programa Anticorrupção e de Promoção de Integridade da OMA. O Programa brasileiro tem como finalidade prevenir, detectar, remediar e punir práticas de corrupção, fraudes, irregularidades e desvios éticos e de conduta no âmbito da Receita, já o Programa da OMA avalia diversos aspectos relativos à aduana.

Durante o projeto, serão analisadas características e procedimentos, tais como automação, legislação, estrutura, prática aduaneira, código de conduta, relacionamento com o contribuinte, integridade e gerenciamento de pessoas. A OMA está realizando pesquisas semelhantes em outros países, como África do Sul e Filipinas.

A pesquisa será realizada pela empresa de consultoria Ernst & Young, de modo a garantir que as respostas sejam anônimas e manutenção da privacidade dos dados. Os interessados poderão participar por meio de tablets, distribuídos em diferentes unidades aduaneiras, como Foz do Iguaçu, Guaíra e Santa Helena, ou por meio da pesquisa on-line, respondendo ao questionário diretamente em seu computador ou celular.

Em 2020, a OMA promoveu a primeira avaliação da aduana brasileira, que propiciou um amplo diagnóstico, bem como já estabeleceu recomendações específicas a respeito do tema. Cabe ainda ressaltar que o desenvolvimento de uma cultura de integridade institucional mais abrangente e sustentável levará a um ambiente mais transparente e ético na RFB, prevenindo e combatendo de forma mais eficaz os atos de fraude, corrupção e má conduta.

Participe da pesquisa, a sua opinião pode fazer a diferença!

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004